Cada Minuto [atalho H]
21/04/2011 - 08:34

"Governador quer aplicar o piso na tabela e não na carreira", avisa presidente do Sinteal

Cadaminuto

Foi anunciado pelo governador Teotônio Vilela que o Estado irá implantar o piso nacional como salário do professores, que será 1.187,97 por 40 horas de jornadas semanais. O Cada Minuto conversou com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Alagoas (Sinteal), Célia Capistrano, que afirmou que o piso é lei e foi validado desde janeiro deste ano.

“O governador quer aplicar o piso na tabela e não na carreira, a fala do governo deixa muito a desejar. É preciso que eles sentem com a categoria para que seja discutido o piso, o tempo de carreira e a titularidade”, afirma Célia Capistrano.

Célia ainda acrescenta que piso e carreira devem andar juntos e que o governo tem o dever de cumprir o piso desde 2009.

A partir desta segunda- feira (25), os professores irão organizar a semana em defesa da promoção da educação pública de Alagoas. Nesta quarta (27), terá paralisação estadual em defesa da educação e do piso no Estado, “o piso verdadeiro que é o início da carreira”, declara Célia.

No dia dois de maio os professores do Estado realizarão uma assembleia às 9 horas no Clube Fênix Alagoana e pretendem antes disso discutir a situação com o governador e com o secretário de educação do Estado.

Redação

Minuto Arapiraca: O portal de notícias de Arapiraca © 2014- Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Minuto Arapiraca: O portal de notícias de Arapiraca.