Postado em em NotíciasCidade

Copeve não descarta anulação de concurso do Ifal

Por Redação

O representante da Copeve, responsável pela realização do Concurso do Ifal, Carlos Almeida, contou à reportagem do Minuto Arapiraca que não está descartada a possibilidade de anulação total do concurso.

Na tarde deste domingo, cerca de dez presos fugiram do muro do Presídio Desembargador Luiz de Oliveira Souza, em Arapiraca, e entraram na Universidade Federal de Alagoas (Ufal), onde quase mil pessoas faziam provas do concurso. A prova foi cancelada no local e os concurseiros tiveram que deixar o prédio da Ufal.

De acordo com Carlos Almeida, a decisão sairá quando acontecer uma reunião com todos os membros da comissão do concurso. “Estamos recebendo a informação concreta. Muitas pessoas já estão reclamando e uma reunião entre todos da comissão do concurso será realizada para avaliação do fato”, explicou.

O representante da Copeve afirmou que não existe a possibilidade de ser realizada a prova apenas para as pessoas que faziam o concurso na Ufal de Arapiraca.

“Não podemos tomar qualquer atitude sem uma avaliação com clareza. Pode ser realizado um novo concurso para todos. Apenas para essas pessoas que estavam envolvidas nesse fato não é viável. Nesta segunda já estaremos com uma decisão”, concluiu.
 

Deixe seu comentário

Os comentários são de inteira responsabilidade dos autores, não representando em qualquer instância a opinião do Cada Minuto ou de seus colaboradores. Para maiores informações, leia nossa política de privacidade.

  • D.C

    D.C

    Eu queria que anulasse, mais que tivesse novas inscrições e tal, dando oportunidade para quem ainda não se escreveu, e também seria uma injustiça quem perdeu de estudar pra provas escolares para estudar pro concurso , pessoas que pagaram cursinho, fazer tanto esforço pra nada. Que dê tudo certo (yn)

  • Thays

    Thays

    A anulação do concurso para os cargos de nível médio seria a decisão mais sensata, ao menos os candidatos que foram vítimas desse incidente teriam igualmente a chance de fazer as provas - se é q se pode chamar de incidente... pq construir uma universidade ao lado de um presídio...pelo amor de Deus!

  • Klarth Millena Lima da Silva

    Klarth Millena Lima da Silva

    BOA TARDE PESSOAL ESTOU QUERENDO ANULAÇÃO DO CONCURSO E ACHO QUE JUNTOS TEREMOS VOZ ,PORTANTO PEÇO QUE ADD ESSE EMAIL , PARA CASO O CONCURSO NAO SER ANULADO ENTRARMOS COM MANDADO DE SEGURANÇA COLETIVO. concursoifal2011@yahoo.com.br

  • Samylla Cindy

    Samylla Cindy

    O concurso deve sim ser ANULADO. Pois não foi você - que não concorda com a anulação - que perdeu de fazer a prova, além do desespero que passou. Fiz a prova de manhã e a tarde e se for pra fazer tudo de novo eu farei. Quem estuda uma vez, estuda sempre.

  • álvaro Lima

    álvaro Lima

    construir uma Universidade ao lado de um presidio, já é um absurdo. fazer uma prova de um concurso importante lá, absurdo do absurdo. agora cancelar a prova, visto que pessoas de outros estados tiveram dispensas, além das que perderam tempo de estudar para uma prova importante(EU), Lamentável.

  • annik sunny

    annik sunny

    Quantos comentários infantis e egoistas. Obvio que todos tiveram de dispor de verbas e fizeram esforços diversos, uns mais que outros, porém o que a maioria está esquecendo é o valor da vida, afinal, todos que estavam no interior da UFAL correram risco de morte. Onde está a humanidade?

  • Eduardo

    Eduardo

    ?Não podemos tomar qualquer atitude sem uma avaliação com clareza. Pode ser realizado um novo concurso para todos. Apenas para essas pessoas que estavam envolvidas nesse fato não é viável. Nesta segunda já estaremos com uma decisão?, concluiu. O mais provável é a anulação do concurso de nivel médio.

  • GIOVANA

    GIOVANA

    É um absurdo tudo isto que aconteceu, sempre fiz provas de concurso e vestibulares pela copeve e nunca vi ocorrer tantos erros e problemas. Na minha opinião deveria ser anulada as provas da tarde.

  • TELDOMIRO

    TELDOMIRO

    Aqui em Penedo não houve provas para todos, e só Deus sabe onde foram parrar essas 49 provas...o mínimo a fazer é ANULAR o concurso. Também houve manifestações por parte dos candidatos que não receberam as provas, causando um barrulho infernal e prejudicando quem estava fazendo a prova...

  • CONCURSEIRA

    CONCURSEIRA

    É lógico que o concurso tem que ser anulado, em PENEDO faltaram provas pela tarde e quem recebeu as provas não conseguiu fazer devido ao barulho infernal que vinha dos corredores devido MANIFESTAÇÕES, e com razão, dos candidatos que não receberam as provas...ANULAÇÃO é o certo a fazer!!!