Cartuxo

RSS

Postado em por Cartuxo em BlogsCartuxo

Não tem dinheiro que pague

Não tem dinheiro que pague um bom casamento
Uma boa amizade amor e compreensão
Andar correto e não se meter em confusão
Ser sempre solidário agir na hora certa
Procurando ser cortês e ter educação
Se puder ajudar não estrague
Tudo isso somado não tem dinheiro que pague.

Uma vizinhança boa
Andar desassombrado tendo sempre cuidado
Pensar naquilo que fala e o que vai fazer
Não ofender os outros aparecer na hora certa
E também saber se defender
Se puder consertar não rasgue
Não tem dinheiro que pague.

Ser sempre prestativo nas horas boas e ruins
Não deixar que a fama lhe suba a cabeça
Aparecer na hora certa ter uma postura correta
Não dá valor a quem não presta isso só dá prejuízo
Procure ser franco e preciso
Antes cedo do que tarde
Não tem dinheiro que pague.

Postado em por Cartuxo em BlogsCartuxo

Covardia

 

O caçador é um homem sem fama merece tá na lama pela sua covardia

Quando sai para caçar mata tudo que ver pela frente
Usando a traição e uma covarde ousadia
Sabendo que os bichos um dia podem desaparecer
E aos seus filhos o que ele vai poder dizer?
O caçador é um ser sem coração
Do jeito que mata um bicho pode matar um cristão.

Não é falta de formatura nem também de instrução
O caçador é miserável não merece perdão
É um ser desprezível que não tem opinião
Quando sai para caçar mata por diversão
Não quer saber se é noite ou dia
Pode ser um camaleão ou até mesmo uma jia
Mata peba, tatu, onça e também mata cotia.

Quando chega em casa que olha para os filhos
Começa se arrepender sentindo vergonha
Pensa até em desaparecer agora nada pode fazer
Fica nervoso e abusado com a espingarda de lado
Correndo até perigo podendo até morrer
Merecendo todo castigo pois tirou a vida
De quem não pode se defender.

Sem saber o que dizer fica desconfiado
Querendo se aproximar dos filhos
Os filhos dele não querem saber
E falam por que não arruma outra coisa para fazer?
Procure uma coisa que lhe dê mais prazer
Porque quem mata um animal
Um passarinho ou outro bicho qualquer
Também não tem o direito de viver.

Depois de ouvir a reclamação dos filhos
Sua cabeça começou logo a doer
Ele ficou muito nervoso com ar de louco
Sem nada saber responder
Perde o apetite e a vontade de comer
Aí é muito tarde os bichos que ele matou
Jamais voltarão a viver.

Todo caçador é covarde
Não tem coragem só mata a traição
Não dando o direito do animal se defender
Por que ele não pega uma onça de mão?
Ele deveria ter vergonha e um pouco de saber
Procurar uma atividade correta e honesta
Se ele vive os bichos também devem viver.

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Quero ser engenheiro

Eu já fui servente hoje já sou pedreiro

Estou estudando para ser um engenheiro
Meu pai sempre dizia você formado
Pode ganhar mais dinheiro não devo me acomodar
É só colocar as coisas no seu devido lugar
Não se vive sem aprender
Muito menos não se formar.

Com a formatura as chances são maiores
Se tem um concurso você pode fazer
Sendo aprovado, as dificuldades diminuirão,
Mais condições você vai ter
Trabalhando muito e com poucas condições
Sempre gostei de estudar
E falava comigo o meu futuro chegará.

Terminei o nível médio prestei o vestibular
Fui aprovado estou muito satisfeito
Agora é trabalhar e estudar prá chegar lá
O difícil eu já consegui
Foi na universidade ingressar tudo depende de mim
Se eu quiser me formar é preciso força de vontade
Essa jamais me faltará.

A perseverança está em primeiro lugar
Não precisa ser preguiçoso
É só querer alcançar
Aquilo que tu sonhas está no seu devido lugar
O tempo foi passando e eu estudando
Com muita satisfação esperando com ansiedade
Para colocar o diploma na mão.
Não demorou muito tempo
Tudo foi rápido que nem o vento
Consegui me formar já sou engenheiro
Agora sim é começar a trabalhar
Esse relato, serve para os seu filhos,
Não deixe eles na rua, dê orientação,
A escola é para todos na rua não deixe não.

Você fazendo isso
Está honrando um compromisso
De pai e também cidadão
A escola é para todos não é para um só não
Aí fica a lição um servente de pedreiro
Hoje ele é engenheiro prá isso ele estudou
Para na vida não ser sempre peão.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Seu Onofre

Seu Onofre é um biscateiro de nome
De tudo ele faz um pouco
Conseguindo seu dinheiro gosta de trabalhar
Anda o dia todo prá lá e prá cá
Sempre muito ocupado
Arrumando o seu sustento
Ele jamais vai roubar.

Vende cabo de guarda chuva e pedra de amolar
Vende isqueiro e candeeiro, porta de petisqueiro
E mala usada para quem vai viajar
Vende galinha, perú e capão, bolacha e pão
Umbu, laranja e cajá, refresco de laranja,
Fruta-pão e suco de araçá,
Arrumando o seu sustento ele jamais vai roubar.

Vende bainha de foice, ferradura prá cavalo,
Tempero, cravo, alho e canela,
Coco verde e maracujá,
Banana, manga e laranja,
E também pó de guaraná
Arrumando o seu sustento
Ele jamais vai roubar.

Vende pano de mesa, travesseiro e colchão,
Pote, quartinha e porrão
Arroz, farinha e feijão, pneu de caminhão,
Bateria, guitarra e violão,
E ainda vende ouro e prata se você quer comprar
Arrumando o seu sustento
Ele jamais vai roubar.

Vende radio de pilha, baralho e bozó,
Vende sabão em pedra e também em pó
Vende bolinho de carne, para criança gogó,
Para funcionário vende crachá
Vende arroz doce e mugunzá
Arrumando o seu sustento
Ele jamais vai roubar.

Vende pneu de bicicleta e câmara de ar
Corrente e catraca ainda vende arataca
Para você poder caçar
Vende luva para cotó e botina para perneta
Também venda caneta para você se declarar
Esse é o seu trabalho
Arrumando o seu sustento ele jamais vai roubar.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Tenha Fé

Se estou sentado estou pensando,

Se estou pensando, estou imaginando
E o tempo passando e eu a imaginar
Apesar do sacrifício a vida é uma coisa bela
Que Deus nos concedeu para amar
Aí eu fico pensando
Por que muita gente ela quer tirar?

Não sei se é loucura ou falta de crença
Fica sentado e pensa como a vida é bela
Apesar do sacrifício e ela você querendo tirar
Não procures ser infeliz pois isso é doença
Tenha um pouco de crença
Se ajoelhe e vá rezar
Pois a sua vida você não deve tirar.

Nem a sua nem a dos outros
Eles não têm culpa se você está doente
Coloque na sua mente
Nem a sua nem a dos outros, você deve tirar
Não se deixe perturbar isso não é coisa boa
Não faças coisas a toa procure se alertar
Pare e pense mais a sua vida você não deve tirar.

Como já disse apesar do sacrifício
A vida é uma coisa bela, que Deus nos concedeu
Sejas firme seja forte sua vida não tire não
Ao se levantar de manhã peça sempre ao Senhor
Coloque os joelhos no chão
Que lhe dê saúde e disposição
Mais a sua vida você não deve tirar não.

A vida foi concebida
Para se dá e receber amor e compreensão
Pense sempre com louvor
A sua vida você não deve tirar não
Pense sempre positivo tenha fé no Criador
Só ele tem para nos dá carinho e amor
Preste atenção sua vida não tire não.

Se você não tem recursos procure se conformar
Mantenha o seu curso não entre em depressão
A sua vida você não deve tirar não
Olha em tua volta para poder perceber
Que ainda existe gente pior do que você
Mais você não procura entender
Tenha fé olha dentro de si, você não deve morrer.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Jesus chegará

As trombetas anunciando

Jesus está chegando
Os seus ele vem buscar
Quem se arrepender
Também irá.

Quem não quiser ir
Também pode ficar
Jesus não é vingativo
Jesus é positivo
Ele tem o poder de julgar.

Se és um pecador
A ele pede perdão
Para poder se salvar
Deste Mundo errado
E para o céu tu irás.

O pecador só se lembra de Jesus
Quando está sofrendo
Sempre chamando por ele
Mas quando tem dinheiro
Termina dele esquecendo.

A prostituição
Está em primeiro lugar
Mas Jesus se compadece
Desse ser profano
E para ele ainda vai orar.

Jesus é o encarregado
Jesus não manda recado
Jesus nosso Senhor
Jesus é a glória do Mundo
Jesus é o mestre e o professor.
Se você quer aprender
Ame Jesus com muito amor
Só ele te ensina
O caminho da verdade
Para não ser um pecador.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

O Horizonte

 

Olhando para o horizonte vejo as serras, vejo os montes,
A terra com o seu semblante
E um sol belo e radiante e eu como um ser andante
Andando nesse Mundo afora
Admirando a fauna e a flora isso me dá prazer
Ver uma Natureza bela e bonita
Isso me dá muito orgulho de viver.

Vejo os rios e os mares na mais bela união
Onde os homens tiram seus sustento e sua alimentação
Aí eu me pergunto por que tanta perversidade
E tamanha devastação?
Com uma Natureza sem maldade
Preocupada com a sua situação
Que alimenta milhões sem cobrar um tostão.

Temos que defender a quem nos dá de comer
Vestir, calçar e trabalhar com prazer,
Se nós nos preocuparmos com a Natureza
Teremos muita coisa a fazer
Vamos deixar a ganância de lado
Ter mais cuidado e prestar atenção
Tratando a Natureza com amor e razão.

Não podemos ser egoísta nem também perde de vista
Uma beleza magnifica e tão bela
O que teremos que fazer é recuperar o que restou dela
Só assim ela voltará a ser uma cinderela
Coma a sua beleza fraterna
Parecendo uma donzela na hora que vai casar
Sejamos conscientes vamos a Natureza recuperar.

A Natureza dá e não pede mais pode tomar
Ela só quer respeito faça a sua parte
Não precisa degradar
Nem também querer devastar
Pois a Natureza é tão fácil de conservar
O que estamos esperando? mãos à obra vamos a festa
Recuperar o que dela ainda resta.

Resta dor, mágoa e sentimento,
É preciso muito unguento prá ela se levantar
Mais nem tudo está perdido,
A solução teremos que encontrar,
Se você cortou uma árvore plante duas no lugar
A Natureza está no chão, também está no ar,
Usemos a consciência não poluir nem devastar.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

O Preguiçoso

A vida que você leva é difícil de entender

Só vive de bar em bar jogando conversa fora
Tomando cachaça de graça
E ainda quer que a mulher lhe dê de comer
Isso não muito legal é muito feio também
Um sujeito até novo sem querer trabalhar
 Nunca vi tão preguiçoso só no inferno é que se pode encontrar

Se lhe dão um trabalho
Só consegue ficar meio dia começa logo a se apavorar
Aí bate um cansaço ele tem que se deitar
Na hora do almoço é o primeiro que senta
E o último a se levantar
Se deita no sofá e lasca o pau a roncar um prato não quer lavar
Dizendo estou cansado prá danar

Depois liga a televisão e bota a bunda no sofá
Se alguém muda de canal ele só falta matar
Aí a mulher intervém
Se que televisão só prá você então trabalhe e vá comprar
Na hora o infeliz responde trabalhar prá que?
Se eu tenho você para de me dar de comer
Vida boa é assim bebo para dormir e me levanto para beber

O traste na hora que se levanta vai direto para o bar
Pois está sabendo que tem cachaça de graça para tomar
Quando chega a tardinha já bêbado
Retorna para casa e vai perturbar
Se a mulher reclama ele fica cheio de trama
Até nela quer bater os filhos entram na briga
Mamãe não é rapariga bata nela prá morrer.

Se proceda tenha vergonha cara
Respeite a mulher que tem deixe de ser preguiçoso
E também muito maldoso vivendo ocioso
Vá procurar o que fazer
Eu sei que sou seu filho mais posso perder a cabeça
Vendo minha no sofrimento e nela você querendo bater
Por favor despareça de casa e deixe a minha mãe viver

Vá embora de vez
Você não serve para nada
É pior do que um gigolô de cabaré sem trato
Que fica no pé do cliente querendo cobrar o barato
O sujeito além de preguiçoso só quer comer e beber
No bolso não carrega um tostão
Fica esperando os outros lhe oferecer

 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

A Caneta

A caneta é um instrumento que contem muito valor
Com ela eu faço uma linha reta
Da linha reta eu faço uma seta
Para encontrar a estrada certa
Com ela eu faço um desenho criando o que quiser
Ainda faço uma planta para construir o meu chalé
Que depois de pronto montarei o meu café

Com ela assinam-se as Leis criando os códigos vigentes
O civil e o penal que vale prá toda gente
Tente não cometer erros se você é inteligente
A caneta é um instrumento potente
Com ela criam-se as guerras
Que pode matar muita gente
Também traz a paz quando o homem é decente

A caneta é tão importante
Que na mão do juiz ou do Promotor
Eles sabem o que fazer tanto podem condenar
Como também podem absorver
Como ela você escreve um verso que se torna poesia
Trazendo fé e esperança
Quem tem fé sempre alcança o teor da sabedoria

A caneta é um instrumento pequeno
Não é fino nem é grosso
Ela cabe no bolso de qualquer cidadão
Com uma caneta
Você escreve uma poesia com sabedoria
Uma poesia decente com harmonia
Para ler João, José e Maria

Se você escreve besteira a caneta não tem valor
Mas se você escreve coisas boas
Ela tem muito louvor
Assim a caneta tem muito sabor
A caneta você leva para a escola estuda e faz a prova
Ainda escreve uma carta para o teu ente querido
Na vida a caneta tem sentido

A importância da caneta
Que assinou a Lei Áurea acabando com a escravidão
Se não fosse ela ainda tinha negro
Amarrado em mourão
Nunca use uma caneta para escrever heresia
Use sempre a caneta para escrever mensagens
Que traga a paz e a harmonia.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Feijão verde com jabá

 

Tem um prato em cima da mesa
E uma panela no fogo
Com feijão verde e um pedaço de jabá
Mas esse menino danado não para de chorar
O pai chama ele para conversar e tenta lhe explicar
Ainda tá muito cedo, vamos deixar o feijão cozinhar
Que depois de cozido vou colocar o jabá para assar

Não vai dá tempo eu vou me atrasar
A escola é muito longe eu não posso demorar
Eu só vou estudar quando comer feijão verde com jabá
A fome é tanta que ele não se contenta
Também não quer esperar o que devo fazer?
Tenho de um jeito uma maneira arrumar
Já sei vou descascar uma laranja e dá prá ele chupar

O danado não aceitou ficou todo encabulado
Encheu o peito de ar e foi logo dizendo
Bote esse troço para lá
Laranja não enche barriga
Só faz a gente urinar
Eu só vou para a escola estudar
Quando comer feijão verde com jabá

Ainda fiz uma tentativa para ver se ia colar
E perguntei por que não come arroz doce e mugunzá?
Eu já falei e torno a falar
Eu só vou para escola se comer feijão verde com jabá
Eu vou tomar o meu banho para ir para a escola estudar
Eu não quero me demorar
Eu só saio daqui quando comer feijão verde com jabá

E quer saber de uma coisa? não adianta querer me tapear
Eu já disse e vou afirmar eu só vou para a escola
Quando comer feijão verde com jabá
Fiquei sem saber o que fazer esse moleque é danado
Fiquei andando prá lá e prá cá
Tentando lhe enganar mais o moleque é insistente
E continua só saio daqui quando comer feijão verde com jabá

Não tive outra escolha a não ser chamar a mãe dele
Que estava na sala de jantar
Para encontrar uma maneira desse danado, deixar de resmungar
Ela teve uma brilhante ideia para ele ir prá escola estudar
Em frente a minha casa tem um restaurante e um bar
Mandei comprar uma quentinha de feijão verde com jabá
Assim ele comeu e foi para a escola estudar
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Ser Gente

O deficiente não é um indigente, basta que a sociedade se oriente e trate ele melhor, tendo consciência que o deficiente jamais será pior, os governantes precisam entender que quem não enxerga não ver, por que um orelhão na rua?

Uma calçada em desnível como o cadeirante vai andar? Se eu não posso enxergar num orelhão minha cabeça vai bater e um tombo vou levar. Imaginem um cadeirante com essas calçadas errantes, ele sem poder fazer nada, fica de mãos atadas sua cadeira poder virar.

Eu sou um deficiente porque não posso enxergar, mas mereço respeito, não quero dó nem piedade, quero apenas os meus direitos. Os direitos de um cidadão que não tem a visão mais tem o direito de compartilhar também desse chão.

É preciso mais conceito para com o deficiente, não precisa preconceito o deficiente precisa viver melhor, dentro da sociedade exercendo os seus direitos ele jamais estará só. Já que eu não posso andar, me deem os meus preceitos para na minha cadeira poder me locomover e também passear; por favor mandem as calçadas nivelar.

Como eu não posso enxergar tirem esses orelhões das ruas que eu agradeço de coração, pois eu também sou gente faça a sua obrigação.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Como é bela a natureza

A Natureza é bela como é bela a Natureza, olha em tua volta, aprecia a tua beleza, analisa e pensa como é bela a Natureza, nos dando muito prazer só de olhar para ela a gente fica feliz com mais vontade de viver.

Por que querer modificar uma coisa tão perfeita? Se deita numa esteira bota a cabeça no lugar, a Natureza está preocupada começando a chorar e ela você querendo acabar.

Isso não está direito, dentro dos preceitos deixa a tua loucura de lado e tanta entender, a Natureza é bela você vai ter que compreender, deixando de ser egoísta olha que paisagem bonita, com sua beleza singela, como é bela Natureza, como a Natureza é bela.

Entenda como quiser, você dorme deitado, mas caminha sempre em pé, já a árvore é diferente em pé é um ser vivente, cortada perdeu a vertente da sua espinha dorsal, como podes ser tão mal cortar um pé de pau que não te fez mal algum? As árvores não precisam ser cortadas e sim tratadas para a sua beleza aumentar, assim sendo vamos delas cuidar com delicadeza, a Natureza é bela, como é bela a Natureza.

Cuidar com responsabilidade, isso é um dever que devemos ter em mente para também sobreviver, pois se a Natureza morre também vamos morrer, então vamos dar a ela carinho e destreza, a Natureza é bela, como é bela Natureza.

Nós como seres errantes vamos analisar a Natureza com os seus efeitos singelos nos dando tudo de bom e belo, o sol fazendo o seu elo nos dando calor, alegria e beleza, a Natureza é bela, como é bela a Natureza.
 

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Pare para pensar

Se você fuma maconha, usa crack ou cocaína essa não é tua sina, acredite em você procure viver melhor. Viraste um farrapo humano sem ninguém para conversar, pare um minuto prá pensar olha como o mundo é belo e você querendo se suicidar.

Você perdeu o valor também perdeu a razão, entrou nesse mundo cão mais ainda tem solução se você quiser sair é só ter opinião.

Cada cabeça é um mundo, basta parar e raciocinar virastes um moribundo para um pouco e comece a pensar, não sejas injusto contigo não deixe o vício te dominar.

Você perdeu a crença não tem tempo para pensar, o seu pensamento é na droga essa vai te matar, sejas solidário contigo não deixe ela te levar, tente colocar na sua cabeça tire pelo menos um dia e vai na igreja rezar, aí você verá e sentirá que o povo que lá se encontra irá te abraçar.

Não tente se envergonhar pois o vício é uma doença que pode o ser humano acabar, procure pedir ajuda com uma boa terapia você pode se curar.

Tenha o pensamento forte não dê um chute na sorte, se você não comprar ninguém vai te vender tenha força de vontade não precisa se render, seu pai e sua mãe estão muito desgostosos vendo um filho tão formoso depois que entrou na droga não toma banho e não se troca vivendo que nem um cão raivoso.

Você escolheu o caminho errado mais se quiser ainda tem volta tudo depende de você, olha ao teu redor você é um ser esquecido mais ainda pode vencer.

É uma questão de querer, você pode ganhar o jogo nem tudo está perdido o jogo você pode ganhar assim vai deixar de ser esquecido, tenho perseverança não perca a esperança olha para cima e pede que Deus vai te ajudar a sair desse mundo de ganância tua vida irá melhorar.

Postado em por Redação em BlogsCartuxo

Maior abandonado

O que eu fiz na minha vida
Para poder viver assim?
Meus filhos num asilo me jogaram
Onde sou maltratado,
Sozinho e isolado
Esse será o meu fim.

Trabalhei uma vida toda
Correndo prá lá e prá cá,
Mas nunca desmoronei
E com muito sacrifício
Na escola meus filhos coloquei,
E com a ajuda de Deus, todos eles formei.

 E esse foi o pagamento
Que me dado por eles,
Nunca pensei em ficar sozinho
Hoje estou no sofrimento,
Não tenho mais ninguém
Essa dor eu não agüento.

À noite eu fico pensando
Como isso pode acontecer
Meus filhos quando que eram pequenos,
Eu cantava cantiga de ninar
Aí não consigo mais dormir
O que fiz de errado prá viver assim?

Os meus filhos,
Aqui me jogaram
Também nunca me visitaram,
Os meus netos nem se fala
Minha velha foi embora (morreu)
E minhas noras me ignoram.

Meu Deus é muito maior,
Sempre estou com ele no peito
Eu não guardo rancor
Desejo sorte para todos,
Só lhes peço uma coisa
Não queiram estar onde eu estou.


Para os meus filhos
Que me abandonaram
Eu os quero muito bem,
Hoje eu estou no inferno,
Mas eu perdôo a todos
Eles não sabem o que fizeram.

Se minha velha
Estivesse viva,
Eu não estaria assim,
Mas o destino assim quis
Eu tenho que me conformar
Pois Deus tem mais para me dá.

Se você,
Tem o seu e sua mãe
Por mais idade que eles tenham
Procure ter compreensão,
Eles fizeram tanto por você
Num asilo não coloque eles não.

Já é quase meia noite
O sono está me chamando,
Vou me ajoelhar e rezar
Para poder me deitar
E amanhã se Deus quiser
Eu ainda vou me levantar.

Mas eu ainda sinto alegria
Tenho alguns amigos
Para poder prosear,
Depois vou buscar o dominó
Sentamos ao redor da mesa
Aí sim, vamos jogar.

Esse é o meu divertimento
Jogando e proseando
Olhando o tempo passar,
E todos os dia eu me pergunto
Por que os meus filhos
Não vêm me visitar?