Click Due

RSS

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

“Uma História de Natal” encanta o público em Arapiraca

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

A frase usada frequentemente em publicidades afirmando que “teatro é a maior diversão” pode ser aplicada na capital metropolitana do agreste devido a sua agenda cultural que a cada mês torna-se mais concorrida.

O Teatro do Sesi recebeu no sábado (15), e domingo (16,) o público arapiraquense para viajar em uma linda fábula contada no espetáculo criado por Joyce Vidal, Alberto do Carmo e Danielle Lins. “Uma História de Natal” levou ao palco sessenta alunos do Ballet Joyce Vidal para dar vida à magia do natal, onde o universo lúdico de anjos, duendes, bonecas de corda, doceiras, rainhas do baralho, jogos de dama, bonecas bailarinas, flocos de neve, soldadinhos de chumbo e órfãs, deixaram a mensagem de que os sonhos podem transformar o real em fantasia e a fantasia em realidade.

O espetáculo também contou com a participação de bailarinos do Ballet Eliana Cavalcante. A “Grande Dama” do ballet de Alagoas, Eliana Cavalcante, esteve presente na estreia e falou ao público sobre os 40 anos de carreira, os desafios e as conquistas que a profissão trouxe e, entre as alegrias, destacou a atuação da ex-aluna Joyce Vidal e sua postura de respeitar e seguir o estilo clássico.

A bilheteria esgotada nas três sessões do espetáculo foi o recado do público ao mostrar que não só pais e parentes prestigiam apresentações de jovens talentos, e que o novo também é recebido de braços abertos na terra de Manoel André.
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Imagem Face, tecnologia de ponta à disposição dos arapiraquenses

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Empresários da capital metropolitana do agreste inauguraram, na sexta (14), a Clínica Imagem Face com um coquetel oferecido aos cirurgiões dentistas e profissionais da área da saúde. Além de imprimir um novo conceito à radiologia e tomografia digital, a clínica traz tecnologia de ponta para acompanhamento pela internet dos laudos dos exames solicitados pelos próprios cirurgiões dentistas.

Os sócios, Maycol Liberato e Marcelo Pinheiro da Silva, destacam que os dentistas cadastrados na clínica terão uma senha pessoal para fazer o acompanhamento dos exames de todos os seus pacientes, mesmo antes do laudo impresso ter sido emitido. “O programa possui sistemas que medem desde a espessura dos ossos do paciente às imagens adaptadas clinicamente para panorâmico pediátrico, visualização da articulação temporomandibular (ATM), projeção PA da ATM e imagem carpal” - informou o cirurgião dentista, especialista em ortodontia, Maycol Liberato.

Marcelo Pinheiro enfatizou que durante todo o mês de dezembro a equipe da Imagem Face estará em processo de capacitação, tanto no que se refere aos equipamentos, quanto ao atendimento humanizado aos pacientes, para que em janeiro a clínica possa oferecer aos arapiraquenses excelência no atendimento e laudos precisos.

O prazo de entrega dos resultados dos exames, em cinco dias úteis, de Raio X panorâmico e Raio X periapical é outro diferencial que a clínica pretende imprimir a partir de janeiro - comentou Maycol Liberato. Ele também explicou que os aparelhos digitais reduzem entre 48% e 62% a exposição dos pacientes à radiação e, “isso por si só representa uma qualidade dos serviços oferecidos que diminuem riscos a saúde do paciente”, concluiu Liberato.

A clínica localizada na rua São Francisco, nº 700, estará aberta para atendimento ao público a partir do dia 02 de janeiro de 2013. Informações para cadastramento de cirurgiões dentistas através do número 3521.6803

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

DJ Felipe é show “Nabaxa”

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O que pode rolar na estreia de um DJ iniciante quando o local escolhido está entre os cartões postais mais belos da cidade, e em um dos “botecos” considerado “point” da galera que gosta de curtir um som “maneiro” com a família, os amigos, ou com o “Love History”. E, quando este evento conta com a participação especial de duas das cantoras que mais encantam o público local?

Arrisco-me a afirmar que a palavra que veio a sua mente, leitor deste blog, foi “SUCESSO!” e continuo a me arriscar ao, veementemente, dizer que o sentido literal deste substantivo foi presenciado por todos que compartilharam com este jovem de dezessete anos o início de uma nova fase em sua vida repleta de vitórias.
Peço licença a Luís Felipe e a sua família para dar a este evento mais do que um olhar cheio de flash´s e sim, também, acrescentar o olhar pessoal do casal - Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto - a este momento que deixou nas entrelinhas a mensagem de superação e amor à vida.

Registrar Felipe caminhando em direção ao palco, ao som de “Um cara de sorte” - sucesso recente dos Detonaltas, foi comprovar que estávamos no local certo, na hora certa, com a música certa, para participar do evento que mais tocaria o meu coração e de Silvestre, em nossa carreira de fotógrafos, pois naquele momento nossas lentes registravam a emoção de um adolescente que superando a dificuldade do caminhar, ia rumo ao seu sonho, mas nossos corações registraram os passos de um “cara de sorte” que ao conviver com a hidrocefalia e todas as sequelas que a doença lhe causou não perdeu o sorriso no rosto, a essência da felicidade e o poder de sonhar com o amanhã.

Felipe, após o lindo show de Dira Lino, não se intimidou, assumiu o posto de atração da noite e fez o “seu público” levantar e curtir uma seleção eclética de ritmos nacionais e internacionais vibrantes. O DJ, intenso e focado, mais uma vez, mostrou que o reflexo da força do amor dos pais, da família, dos amigos é transformador e que saber que não estamos neste mundo a passeio deixando a vida nos levar, faz toda a diferença.

Temos a convicção que a energia positiva transmitida por Felipe contagiou e continua a contagiar a todos, principalmente, por silenciosamente nos dizer que não há obstáculos intransponíveis quando estamos abertos às possibilidades, e que amar e sentir-se amado é algo pleno quando descobre-se que o importante é, na realidade, a qualidade dos relacionamentos que construímos em todas as etapas de nossa vida.

Parabéns Luís Felipe pela bela apresentação e obrigada por me fazer recordar de uma mensagem que recebi, por email, que dizia “ ...não te esqueças das infinitas possibilidades que nascem da confiança em ti mesma e nos outros, que utilize os dons que você recebeu e que transmita aos outros o amor que recebestes. Espero que você seja feliz consigo mesma por quem você é, que você se perdoe, que perdoe a todos... que você seja livre!, ... Deixa esta sabedoria penetrar em teus ossos, deixe tua alma cantar, cantar e amar livremente. Ela esta aí para cada um de nós”.

Às cantoras Dira Lino e Priscila Prill, nossa admiração por prestigiar este show como convidadas e por reforçar que o compartilhar é uma das formas mais simples e belas de demonstrarmos gestos de amor.
A você, sábio Felipe, e aos seus pais Mônica e Luís Alfredo, NAMASTÊ! ( O divino em nós, reconhece e honra o divino em vocês!)

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Bia em um aniversário com jeito de aventura radical

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Clicar Ana Beatriz em seu aniversário, além de ter sido um delicioso momento em família foi, literalmente, uma aventura de tirar o fôlego, ainda mais quando a tia madrinha inova o visual com um belo e longo vestido assinado por Artur Cavalcante.

O níver de sete anos de Bia colocou diante de nossas lentes uma menina alegre, dinâmica, inquieta pelo novo, encantada com as possibilidades e, acima de tudo, disposta a desafios. Ao olhar em volta, vimos, também, a beleza da amizade que é sublime entre crianças e admirável entre adultos.

Ver Bia em sua jovialidade arriscando-se, mas acima de tudo seguindo as regras de segurança que cada brincadeira radical exigia, por instantes me reportou para um “flashback” ao lembrar dos primeiros flash´s da barriga de minha irmã Rosinha, do rostinho rosado daquela linda bebê recém nascida. Ainda na maternidade, a primeira mamada, o primeiro Adicionar Imagensmecônio, o primeiro banho, a primeira vez que a peguei no colo e a festa que se tornou o apartamento com toda a família e amigos reunidos.

Recordei a primeira viagem a João Pessoa, com Bia apenas com três meses. Daniel, Rosinha, Bia, eu, Silvestre e nossa pincher de um ano, Hanna. Uma aventura inesquecível! Tive que conter as lágrimas ao lembrar de Bia aprendendo a andar, brincando, ao recordar as várias estorinhas que li para ela, do vídeo registrando as aulas de natação feito pelo vovô Isaac, do dia que ela falou tia e, principalmente, quando disse “Ludi”.

Ver e acompanhar Bia crescendo carinhosa e unida ao seu irmão Mateus, sempre me emocionou, principalmente porque a mãe desta dupla adorável foi o presente que eu sempre pedi a Deus, quando criança. A irmã para brincar chegou quando eu tinha quatorze anos, mas a caçula veio para me ensinar que o amor é livre e que a confiança, amizade e companheirismo só se adquirem quando se aprende a deixar as cobranças de lado para dar espaço ao livre arbítrio.

Ver Bia livre, brincando, me fez perceber que a linha do tempo é mais veloz do que nos damos conta, e que compreender as mensagens nas entrelinhas nos fortalece, pois, a menina que agora está a me ensinar, vinte anos depois de ter ganho de Deus o meu rico presente, me diz silenciosa e vigorosamente para não ter medo dos desafios porque eles só serão assustadores ou divertidos se assim os encararmos.

Uma festa radical, para as crianças, para minha coluna e de Silvestre, e para meu coração que feliz acompanhou cada passo da aniversariante, a amizade entre famílias que se uniram para formar uma só grande e valorosa família, companheiros novos e de longa data que renovaram o compartilhar e que ao unir suas crianças iniciaram um novo ciclo de amizade.

Este momento uniu gerações: “bisos”, avós, pais, tias-avós, irmãos de sangue e de coração, primos, sobrinhos, ... pessoas que Deus nos presenteou ao permitir chamá-las de “Nossa Família!” Obrigada “Senhor” por mais esta dádiva!
 

Postado em por Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto em BlogsClick Due

Click Due no Pandemia

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Irreverência, improviso, o clichê que não é clichê, a bagunça organizada, o besteirol que muita gente faz questão de escutar, a piada sem graça, o humor inquieto disparado à queima roupa em celebridades, autoridades, pessoas comuns... a voz que não cala, esculhamba. Estas são algumas das denominações que poderiam ser dadas ao programa “Pandemia”, da rádio Novo Nordeste, 570 AM, de Arapiraca. Mas, por incrível que pareça, sem rasgar seda, na verdade este é um programa que de forma inteligente ataca as fragilidades do sistema e das pessoas empunhando a espada do humor ácido em um combate, como se fossem gladiadores.

“Pandemia”, no Aurélio, na Wikipédia, ... Google, está relacionada à “epidemia generalizada”, mas diferente dos efeitos gerados pela gripe espanhola, tifo, gripe do frango e a doença da vaca louca, “O Pandemia” não é uma doença e sim uma forma de ativar em doses homeopáticas a adrenalina de convidados e ouvintes aos sábados, das 09h às 12h.

O Click Due passou por esta experiência e, pode ter certeza, aprovou!

No sábado (08), a manhã foi divertida e saborosa, pois o convite para sermos os entrevistados do programa veio junto com a intimação de levarmos um lanche feito com produtos “coringa”. O gourmet Silvestre Rizzatto entrou em ação e levou uma deliciosa torta de banana, que foi degustada com refresco Coringa de limão. Caso alguém tenha interesse poderemos postar a receita!

Mas, voltando ao assunto, assim que chegamos fomos convidados a responder um QUIZ sobre o (a) companheiro (a). Na realidade, esta foi uma forma inteligente de criar expectativa em ambos sobre a sintonia do casal no que se refere a curiosidades, micos, gostos ..., e ter um roteiro de perguntas para conduzir a entrevista. Paulo Marcelo, Iran Silva, Abel Pantaleão e Gustavo Guga deram um SHOW DE IMPROVISOS, e em cores e ao vivo mostraram que raciocínio rápido e cara-de-pau pode tornar um simples mortal em candidato a “Stand Up”.

Parabéns, Carlito Batalha, pelo belo trabalho de edição,  Gustavo Guga, pelas dublagens feitas com profissionalismo e sagacidade, e a toda a equipe do programa por tornar esta “BAGAÇA” algo gostoso de curtir como ouvinte e como entrevistado.


 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Platéia diz “TÔ NEM AÍ” ao pagar “Mico” nas Disputadas

O importante é participar - MICOS? Tô nem aí! - Com certeza, este foi o sentimento da maioria dos arapiraquenses que foram prestigiar a peça, Natal das Disputadas, no Clube dos Fumicultores, em Arapiraca.

O texto antenado com as peculiariedades da cidade trouxe a conhecida irreverência dos atores Régis Souza, Salles Tenório e Pierre Pelegrine de forma mais aguçada e apimentada. O público mais uma vez se esbaldou de rir e merece aplausos pela postura participativa e educada diante dos contratempos ocorridos.

Os três atores mostraram o quanto o profissionalismo pode ser hilário e elegante ao mesmo tempo, e tornar um espetáculo ainda mais envolvente. Parabéns a todos !
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Allan Monteiro, um artista, em plena sessão de “Desapego e Descarrego”

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Embarcar na viagem de um artista plástico é algo que todo ser humano deveria fazer pelo menos uma vez na vida porque, com certeza, é uma experiência marcante e reveladora.

Estar pré-disposto a doar-se ao próximo sem saber que leitura ele fará do seu trabalho, se irá valorizá-lo, se compreenderá que está sendo presenteado, se gostará do presente, e... tantos outros “se” é algo que à primeira vista dá medo, mas depois de alguns minutos respirando a atmosfera que envolve esta louca proposta é que nos damos conta que despir-se do antigo para dar oportunidade ao novo pode ser transformador.

A sessão de “Desapego e Descarrego”, dita por Alan Monteiro, nos conduziu a diversos olhares. Entre eles: o de registro, ao clicarmos uma aventura quase solitária de um artista e seu fiel escudeiro, Taboca; o poético, ao buscarmos o que o escuro da madrugada, as cores do amanhecer e o clarear do dia trariam de surpresas junto a cada obra; o de curiosidade, ao flagrarmos a reação das pessoas, e o da satisfação de um mestre com o seu trabalho cumprido.

A alma de uma artista precisa se renovar (suas fases, suas inquietudes, suas inspirações, seus desejos, seus sonhos, suas realizações, suas dores, seus amores...) e, a cada novo momento, o lado bom do antigo continua a trazer o que foi construído de positivo, e ao ser renovado chega criativo, atual, fresco, nasce moderno e contemporâneo mostrando que o passado tem sua força, mas é no presente que escrevemos a nossa história e que no futuro estão os nossos sonhos ..., mas, ... o futuro depende do nosso agora!

Esta inquietude febril de Alan Monteiro há alguns anos tem data e hora marcada: madrugada de 30 de outubro, um compromisso consigo mesmo iniciado após ter participado de uma intervenção urbana em Recife com vários companheiros de alma despojada e corações vibrantes por fortes emoções criativas.

Nesta viagem de 2012, um arapiraquense cordelista corajoso também se doou e comungou do espírito de liberdade proposto por Alan. A mensagem de Cartuxo chegou junto a algumas escolas do ensino fundamental através do trabalho voluntário e na avenida Ceci Cunha. A sensibilidade de Alan Monteiro tornou-a, metaforicamente, frutos ao alcance de todos, em uma árvore repleta de cordéis.

Intrigantemente a sintonia entre a proposta da intervenção e a escolha aleatória dos locais produziu encontros harmoniosos entre obra e natureza, uma fusão quase que mágica nos remeteu a uma viagem lúdica, onde o olhar por trás de nossas lentes nos mostrou que também podemos despertar para o novo, para o contemporâneo, para o factual.

Então, despertemos a nossa alma artista e até a próxima colheita!

E para aqueles que querem um pouco mais de Alan Monteiro, o Museu Zezito Guedes traz uma bela exposição das obras deste arapiraquense, até dia 30 de novembro. O local é aberto ao público em horário comercial.
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Miss Alagoas Global Teen movimenta Clube dos Fumicultores

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Um evento com jeito de "capital metropolitana da beleza" foi o concurso “Miss Alagoas Global Teen” que aconteceu no Clube dos Fumicultores, na sexta 23, penúltima semana de novembro. O evento coordenado por Gilberto Lira reuniu representantes dos municípios de Junqueiro, Arapiraca, Palmeira dos Índios, Coruripe, Batalha, Maragogi, Penedo, Limoeiro de Anadia, Pilar, Craíbas, Teotônio Vilela,Santana do Ipanema, Anadia, São Miguel dos Campos, São José da Tapera, Maceió e Lagoa da Canoa.

Meninas na faixa etária entre 14 e 17 anos de idade mostraram desenvoltura na passarela e o desejo de representar Alagoas no concurso nacional, em Salvador, no dia 27 de novembro. O que chamou a atenção dos jurados foi, principalmente, o alto nível das candidatas e a segurança das adolescentes diante da disputa acirrada.

O jornalista e estilista Artur Cavalcante foi o mestre de cerimônias do evento. O voto da galera ligada na net foi para a finalista representante de Penedo, Jéssica Medeiros, que recebeu a faixa “Miss facebook” . A Miss Simpatia foi eleita pelas próprias candidatas e o título ficou com a finalista representante de Pilar, Ianka Henrique. As demais candidatas  finalistas foram as representantes de: Arapiraca, Amanda Janine; Santana do Ipanema, Larissa Mattos; Anadia, Monali Lima; Maceió, Waleska Leite; Maragogi, Gabriella Garrido; São Miguel dos Campos, Pammela Clemente; Teotônio Vilela, Joice Rayane e Craíbas, Janiele.

O título de Miss Global Teen ficou com a representante de Maragogi, Gabriela Garrido.
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Domingo dançante no Clube do Servidor

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O Clube do Servidor da Prefeitura de Arapiraca tem a cara de "Casa da Gente", digo isso porque na maioria das famílias quando uma festa ou uma reunião de confraternização é realizada todos se permitem brincar, dançar, se divertir movidos pela alegria do compartilhar, e foi isso que eu e Silvestre vimos e sentimos ao levarmos nossa família para um momento de lazer.

A receptividade, o alto astral, o clima respeitoso e festivo nos permitiu confirmar que há uma energia especial no Clube do Servidor, principalmente, quando o comando está sob a batuta de César Soares.

A tarde também contou a participação especial dos cantores Lourenço e Paulinho, que generosamente deram um brilho a mais a tarde dançante. Um momento para muitos flash´s. No próximo domingo (02/12) o grupo Arte Choro irá animar os servidores.

Valeu César Soares e até o próximo momento Show Nota 10!

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Uma mulher admirável e seus 60 anos de histórias de vida.

Lourdes Rizzatto & Silvestre Rizzatto

Falar de Célia Rocha é algo fácil e difícil ao mesmo tempo, mas como todo paradoxo ... pode ser exposto de forma reflexiva aqui me atrevo a vestir a camisa de alguém em quem acredito por sua conduta, índole, força, lealdade aos seus ideais e ética profissional.
 

A família “Rocha” entrou de forma muito diferente na minha vida e na de Silvestre. Na dele de uma forma mais intensa no seio da família e na minha ainda universitária do curso de jornalismo da Ufal e trabalhando em uma agência de eventos e pesquisa vi Célia, pela primeira vez, ao entrar na sala do escritório com sorriso no rosto e abraçando a todos. Ela, vereadora candidata a prefeita de Arapiraca encomendou uma pesquisa de opinião eleitoral e depois disso só a revi muitos anos depois, prefeita eleita, já no seu segundo mandato, em 2001, quando vim morar em Arapiraca para trabalhar como produtora de pauta da TV Gazeta.

 

Nesta ocasião conheci uma prefeita através de sua cidade, com muitas dificuldades encaradas de frente e com projetos para mudanças efetivas, mesmo que fossem para o futuro. Como produtora de pauta procurei, pesquisei o que Arapiraca tinha de bom e ruim e, descobri que as respostas as minhas perguntas chegavam e na maioria das vezes o que era um ponto fraco, uma deficiência na gestão pública, já havia sido detectado por eles e em grande parte projetos estavam sendo elaborados, em andamento ou a espera de recursos. Foi a partir daí que percebi que a cidade onde eu estava possuía inúmeros olhos atentos comandados por uma mulher.

 

Conheci uma gestora por suas ações, não só por seu discurso. O contato apenas profissional com aquela mulher me despertou o desejo de um dia poder conhecer a alma de alguém que na sua essência parecia ser a mesma pessoa com sorriso largo, afetuosa e simples que conheci, quando eu ainda era universitária. Quis Deus que nossas vidas se cruzassem de forma mais intensa envolvendo sentimentos pessoais que aos poucos foram revelando uma mulher com coração voltado à família, mas, acima de tudo, justa.

 

Com Silvestre conheci Célia e a família Rocha, e com o passar do tempo vi que Deus nos reserva surpresas ao atender nossos pedidos, e que os caminhos que nos levam a eles podem ser transformadores. Creio, verdadeiramente, que Deus me fez conhecer não só Célia, mas a sua família para compreender o sonho de um pai em tornar suas filhas médicas para servir Arapiraca, para compreender a alma de uma mulher que descobriu o significado mais nobre da palavra “servir” e, literalmente, se tornou uma servidora com coração de leoa.

 

Célia Rocha declaro, em público, a minha admiração a pessoa que você é, principalmente, por acreditar que muitos dos valores morais que aprendi com meus pais você os tem. Creio que pessoas com dons especiais podem contribuir para um mundo melhor e tenho a certeza que você é uma delas. Que Deus te dê mais sessenta anos, com sabedoria.

 

Parabéns!

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Luiz Otávio e seu fantástico mundo do circo

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Muitas crianças falam com o olhar e Luiz Otávio é, com certeza, um destes pequenos que encantam por revelar explicitamente a vibrante força de ser feliz. Atento e curioso, Luiz nos cativou no primeiro encontro por nos dar as boas vindas com um sorriso no rosto.

Clicar “Tavinho” em sua casa, na festa de seu primeiro aninho, e em seu batizado, nos mostrou que afinidade independem de tempo e que a cordialidade é algo intrínseco ao ser humano, independentemente de idade ou de saber ou não verbalizá-la.

Um pequeno “Lord” que vestido de palhacinho e mágico mergulhou no universo circense com suas cores e personagens alegres, Tavinho mostrou a todos que o novo pode ser fantástico, basta que nos permitam senti-lo assim.

Parabéns aos pais pela linda festa, e por nos proporcionar o sentimento de estarmos entre amigos e pessoas queridas.
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Geoprocessamento uma ferramenta para o presente e futuro

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Mais do que um evento que compôs a grade de programação das comemorações dos 88 anos de emancipação política de Arapiraca, o lançamento oficial do Geoprocessamento de Arapiraca, no Planetário, trouxe a certeza de que uma administração pública é feita quando há o verdadeiro comprometimento em detectar, conhecer e buscar soluções para os problemas de uma cidade e de sua população.

Com esta postagem não estamos buscando um discurso politicamente correto, mas de forma correta dar a nossa opinião sobre o que este evento trouxe nas entrelinhas. É impressionante o quanto nós cidadãos somos leigos quando tecemos comentários de modo generalizado, repetindo frases de que isto poderia ser feito ao invés daquilo..., que a educação, que a saúde, que as ações sociais, que as obras de pavimentação e infraestrutura poderiam ser ... blá, blá, blá... , mas, talvez poucos tenham parado para pensar como são planejadas todas as ações que envolvem uma gestão pública. Sabemos o que é prioridade quando o “sapato aperta e o nosso calo começa a incomodar”, mas e o “calo” do vizinho? Será que nós sabemos que ele existe, se dói e que remédio usa para aliviar a dor?

Assim, também, a grande maioria de nós, age com relação aos universos particulares que criamos em nossas casas, na escola, no trabalho..., com nossa cidade. Você já parou para saber quantas ruas pavimentadas, calçadas e que ainda precisam de calçamento existem em sua cidade? Quantas escolas públicas de ensino fundamental, médio e superior existem? Se há creche em seu bairro ou próximo dele? Se o número de escolas atendem a demanda gerada anualmente em sua cidade? E com relação à saúde, já parou para pensar quantas pessoas necessitam do SUS e quantas unidades de saúde são disponibilizadas para esta população e onde elas estão localizadas? Você sabe quantos postes de iluminação pública existem na sua rua? Qual o n° do poste que fica em frente a sua casa? Estas são apenas algumas das perguntas que nós, do Click Due, não saberíamos responder e que a partir de agora poderemos ficar sabendo de maneira acessível e democrática.

O geoprocessamento é mais do que uma ferramenta que serve para o cadastro imobiliário de um município, se bem direcionado garante acesso a informações que podem ajudar a população em todas as áreas. O contato com a secretária de Iluminação Pública pode ser feito para informar sobre os postes de sua rua que estão sem lâmpadas e, ao fornecer o número do poste imediatamente será identificado o tipo de lâmpada necessária e, se há estoque deste material ou não. Com a utilização do “Geo” o crescimento desordenado de uma determinada região pode ser revertido para que os moradores aquela localidade não fiquem isolados, o governo municipal poderá planejar a implantação de escola, creche, unidade de saúde, Centro de Referência da Assistência Social, calçamento, ... para dar melhor qualidade de vida a população local.

O Geo é uma ferramenta que pode revelar o quão exitoso pode ser a intersetorialidade entre as secretárias de uma prefeitura, pois à medida que cada uma alimenta o banco de dados com informações específicas sobre sua área, tanto o gestor público quanto a população podem mensurar o que já foi feito e o que ainda pode ser feito em benefício de todos.

Em Arapiraca, eu e Silvestre Rizzatto, dois forasteiros, aprendemos ao longo de mais de dez anos que cidadania é algo que passa, principalmente, pelo respeito recíproco entre o poder público e a população local e que não há nada mais gratificante do que saber que nosso voto valeu a pena.

Conheça o geoprocessamento de Arapiraca através do endereço eletrônico


http://www.geo2.arapiraca.al.gov.br/geoarapiraca.

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

1º aninho de Emilly e o mundo maravilhoso dos cupcakes

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Uma festa de aniversário pode trazer muitas mensagens para aqueles que crêem que Deus fala conosco a cada momento, e que basta termos o coração aberto para reconhecê-las. A festa do primeiro aninho de Emilly, com certeza, teve mais do que brincadeiras, uma bela decoração e saborosos doces e salgados. Para aqueles que tiveram o olhar mais atento sentiram que a verdadeira beleza de um momento especial está no carinho compartilhado e na alegria que move os corações dos pais, tios, avós, primos e amigos para apresentar à aniversariante um mundo de sonhos onde a palavra de ordem é felicidade.

O carinho de mamãe, Mirian Jéssica, e papai, Felipe Lira, conduziu o olhar de Emilly para um universo colorido dos “cupcakes”, onde a pequena “Chef” descobriu o quão delicioso pode ser um chocolate, uma nova brincadeira e, principalmente, o amor incondicional que supera até adversidades para dizer da forma mais simples e bela que nada pode ser maior do que o prazer de fazer uma filha feliz.

Parabéns, Mirian, Felipe e Lúcia Lira pela linda e alegre festa que ofereceram à Emilly!
 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Artista plástica Marta Arruda expõe na galeria Sesc Arapiraca

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

Falar de Marta Arruda é algo que vai além do talento, da criatividade, do despojamento e da sensibilidade desta artista plástica que comemora 25 anos de carreira. Quem conhece Marta sabe que o contraponto entre força e leveza é algo intrínseco à maestrina e suas obras.

O aço traz o limiar entre o mergulho em uma alma delicada e a vitalidade de um universo vibrante e colorido. O peso do aço se desfaz em dobraduras que viajam entre quebra-cabeças, movimentos e formas ricas em elementos que surpreendem por conduzir a uma leitura suave do novo - da transformação.

O pulsar sai das entrelinhas de suas obras e revela vida em abundância entre visitantes, amigos e familiares. Esta energia positiva circulou na “vernissage” de Marta Arruda associada a uma performance acústica que trouxe mais do que um som psicodélico, trouxe contemporaneidade direto na veia e no coração.

O encontro do novo e do tradicional veio com a assinatura da Zóio TV em um breve documentário sobre o processo criativo desta eterna “soldadora de emoções” e, a presença de sua mãe, de seus filhos e netas reforçou que é a família o porto seguro desta cidadã do mundo.

A essência inquieta desta artista plástica traçou mais um desafio em sua vida, o de ministrar uma oficina de escultura em aço para deficientes visuais. O que poderia ser improvável é a mola motivadora para superar limites e dar um significado a mais a sua mensagem pessoal de superação.

A exposição de Marta Arruda ficará aberta para visitação até o mês de dezembro na galeria do Sesc Arapiraca, em horário comercial. As inscrições para a oficina de escultura em aço para deficientes visuais podem ser feitas na unidade Sesc Arapiraca, no bairro Santa Edwiges. A oficina é gratuita e as vagas são limitadas.


Local: Galeria do SESC Arapiraca

Período da exposição: de 20/10 a 21/12/2012
Dias de visitação: de terça a domingo
Horário: das 12h às 18h
Mais informações: (82) 3482-2400 / 2402

ClickDue apoia este evento


 

Postado em por Click Due em BlogsClick Due

Arapiraca ganha o maior laboratório de análises clínicas do interior de Alagoas

Lourdes Rizzatto e Silvestre Rizzatto

O Dia do Médico, comemorado na quinta-feira, dia 18 de outubro, foi festejado duplamente em Arapiraca. A data foi escolhida pela biomédica e empresária Suzy Siqueira e pelo empresário Laércio Barbosa para apresentar à classe médica as novas instalações e equipamentos de ponta adquiridos pelo Laboratório de Análises Clínicas Dr. Edler Lins – LACEL.

Investindo em capacitação profissional, desde a inauguração em 2008, o LACEL prioriza o atendimento humanizado aliado à mais alta tecnologia em análises clínicas. A busca da excelência nos serviços rendeu destaque em nível nacional, em 2010, quando o laboratório foi classificado entre as quatro melhores empresas de serviços de saúde do Brasil na categoria Micro e Pequenas Empresas MPE – Brasil Ciclo 2010.

Em 2012, a ampliação da estrutura física do LACEL vem acompanhada de um novo conceito de bem-estar para os usuários dos serviços, independentemente, do cliente ser particular, conveniado ou do Sistema Único de Saúde. O conforto na hora da coleta foi priorizado tanto para os adultos, quanto para as crianças. O espaço “Lacelzinho” decorado com motivos infantis proporciona tranquilidade aos pequenos pacientes, que também contam com uma brinquedoteca. A área da sala de espera foi ampliada e um local de repouso foi criado para os adultos que precisam fazer exames específicos.

Um dos destaques desta nova fase do LACEL é um equipamento de ponta que realiza mais de seis mil tipos de exames de análises clínicas com precisão e total segurança nos resultados. Equipamentos iguais a este também são utilizados nos grandes centros médicos de todo o país. Com esta aquisição todos os tipos de exames imunológicos e hormonais agora podem ser feitos em Arapiraca com absoluta precisão e mais agilidade na entrega dos resultados aos pacientes, inclusive a retirada dos exames pela internet.

Profissionais da área de saúde além de conhecer as novas instalações, também participaram de uma visita técnica à área de Imunologia/Hormônio, Hematologia/Bioquímica, onde receberam informações sobre o fluxo de processamento e da confiabilidade dos novos equipamentos.

Agora, Arapiraca também faz parte do seleto grupo de laboratórios brasileiros que disponibilizam para a sua clientela a alta tecnologia a favor da vida.

Conheça o site do Lacel: http://www.laboratoriolacel.com.br/